Computação quântica: o que é e quando vai nos atingir?

A próxima geração dos supercomputadores está na mira de empresas como IBM e Google. Junto com elas, diversas startups entraram na corrida para o desenvolvimento de computadores quânticos. Como você deve imaginar, o futuro quântico não virá facilmente, apesar de empresas e pesquisadores já estarem utilizando diversas abordagens para dar início à próxima revolução quântica, iniciada através da computação quântica.

O que é Computação Quântica?

No texto publicado pela freeCodecamp, “um computador quântico é um tipo de computador que usa a mecânica quântica para que possa realizar certos tipos de computação com mais eficiência do que um computador normal.”

Na computação quântica a unidade de informação básica é o bit quântico, ou “qbuit” (abreviação para “quantum bit”). Para você entender o poder disso: além de assumir o binário 0 ou 1 da computação clássica, na computação quântica o “qubit” pode assumir os estados de 0 e 1 ao mesmo tempo, pois pode haver a superposição dos valores.

Assim, ao contrário de termos um processamento sequencial, na computação quântica ele é simultâneo. Por esse motivo, computadores quânticos estão aptos a resolver problemas complexos muito mais rapidamente do que as máquinas normais.

Quando teremos computadores quânticos?

No início de 2019 a IBM publicou um release anunciando o IBM Q System One, o primeiro sistema de computação quântica universal projetado para uso científico e comercial. A IBM também anunciou planos para abrir seu primeiro IBM Q Quantum Computation Center para clientes comerciais em Poughkeepsie, Nova York, em 2019.

De acordo com o release “Os sistemas IBM Q são projetados para lidar com problemas que atualmente são considerados de natureza muito complexa e exponencial para os sistemas clássicos. Aplicações futuras da computação quântica podem incluir encontrar novas maneiras de modelar dados financeiros e isolar os principais fatores de risco globais para fazer melhores investimentos, ou encontrar o caminho ideal entre os sistemas globais para logística ultra eficiente e otimizar as operações de frota para entregas” (aqui você pode ler o release completo).

Portanto, como você pode ver a corrida para os supercomputadores está acelerada e o futuro pode estar mais próximo de nós do que imaginamos.

Como a computação quântica pode afetar nossas vidas?

Além do citado pela IBM com relação às novas maneiras de modelar dados financeiros ou otimizar as operações de frota para entregas, computadores quânticos conseguirão quebrar sistemas que mantêm seguras nossas informações online. Todavia, como explica uma matéria publicada pela Wired, já existem estudos para desenvolver uma tecnologia que seja resistente a hacks quânticos. Além disso, o texto ressalta que, como fator positivo, sistemas criptográficos baseados em quantum tendem a ser muito mais seguros do que seus análogos atuais.

A computação quântica promete revolucionar também o campo das previsões, especialmente na simulação de vários cenários que dependem de conjuntos de dados volumosos e complexos. Adicionalmente, os computadores quânticos impulsionarão a análise de dados, pois eles terão capacidade para ajudar a resolver problemas em grande escala.

A NASA, por exemplo, quer utilizar a computação quântica para analisar a enorme quantidade de dados que coletam sobre o universo, bem como pesquisar métodos melhores e mais seguros de viagem espacial.

Concluindo

Temos que ver a computação quântica como um processo de evolução natural das máquinas atuais. Aqui no Brasil existem diversos núcleos de pesquisas na área, sendo que muitos pesquisadores contribuem com o pessoal lá de fora.

E já que falei sobre possíveis problemas com segurança dos dados, encerro o artigo com a sugestão de algumas leituras:

Gostou deste post? Fique à vontade para compartilhá-lo com seus colegas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *