Loadbalance + Failover = Alta disponibilidade dos links de Internet

Conectividade

Sabemos que toda empresa de excelência deve operar com as melhores ferramentas para que não aconteçam falhas em sua rotina de trabalho. Dessa forma, o empresário deve ter noção do que ele deve incluir em sua infraestrutura de TI para que não ocorra algo inesperado, ou também, o trabalho não se estenda por causa de uma possível lentidão na rede, por exemplo.

Portanto, existe alguma maneira preventiva para servidores, links de internet, e demais processos operem com eficiência máxima? Existe, e o tema de hoje se trata exatamente disso. Explicaremos abaixo como funciona as soluções de Loadblance e Failover, ferramentas indispensáveis quando o assunto é servidores e tráfego de dados. Vamos lá?

Loadbalance

O Loadbalance (balanceamento de carga) possui a função de efetuar comunicação entre servidores, garantindo máxima eficiência na rede que está operando. Ficou um pouco complicado para entender? O exemplo abaixo ajudará você a compreender como trabalha essa ferramenta.

Digamos que você possui 3 servidores em sua empresa para vários processos, como e-mail, hospedagem do seu website, uso da internet do ambiente interno, entre outros. Com o Loadbalance, você pode designar a demanda para um determinador servidor e organizar a carga de dados conforme a sua necessidade. Caso 1 servidor esteja repleto de informações a serem processadas, pode ser efetuado o balanceamento da carga e determinadas tarefas podem ser destinadas ao servidor 2, por exemplo.

Dentre as várias vantagens do Loadbalance, podemos citar as principais:

a) Aumento da confiabilidade do serviço

b) Possibilidade de aumento na demanda sem comprometer a infraestrutura geral

c) Podem ser realizadas manutenções sem ter que parar toda a rede

d) Pode encaixar de acordo com a demanda da infraestrutura do negócio

Failover

De forma resumida, podemos dizer que o Failover é a forma de migração de um serviço para outro servidor, link de internet, entre outros, caso aconteça algo inesperado na infraestrutura. Isso pode acontecer quando o servidor pode entrar em Standby de forma programada, ou aconteça algo anormal na rede, ocasionando em desligamento ou problemas maiores, como queima de algum componente.

Melhorando ainda mais a situação, o Failover acontece de forma automática, detectando que seja necessário a migração de tarefas para outro sistema de forma prática e sem necessidade de intervenção do profissional responsável. Pode acontecer em alguns casos que a gestão de TI decida intervir caso aconteça um Failover no momento, necessitando de sua aprovação, e claro, isso pode ser configurado caso haja necessidade.

Podemos ressaltar que essas ferramentas estão sendo “obrigatórias” em todo ambiente corporativo, devido a importância na eficiência e segurança nas operações, para que sistemas, redes e servidores atuem de forma contínua e sem maiores complicações. Hoje em dia, qualquer empresa necessita armazenar seus registros fiscais, financeiros, patrimoniais, e tantos outros segmentos para elaborar estudos de mercado, visando assim, uma melhor tomada de decisão. Imagina o que pode acontecer com os seus registros caso seu banco de dados, ou servidor queime, por exemplo?

A Scurra trabalha com as melhores soluções na área de infraestrutura de TI visando defender todas as suas operações de que algo inesperado aconteça. Nossas operações garantem a total eficiência corporativa, gerenciando redes e servidores tanto na parte de Loadbalance quanto Failover. Procure conversar conosco para saber de maiores informações, teremos o prazer em atendê-lo e manter o seu negócio seguro!

Ficaste com alguma dúvida no artigo? Comente com a gente nos comentários 😉

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *