O que é TV Corporativa? Veja o papel da TI nessa estratégia

Jornais corporativos, murais de aviso, e-mail, newsletters, redes sociais e reuniões. Você sabe dizer o que todos eles têm em comum? Acertou se você respondeu que são maneiras que uma empresa pode utilizar para realizar a comunicação entre liderança e liderados.

No marketing existe um termo utilizado para tratar especialmente das ações dedicadas ao público interno da empresa. Trata-se do endomarketing, o qual busca principalmente criar um ambiente motivador e de comunicação mais transparente entre os diferentes níveis da organização.

Quando falamos de murais de aviso, newsletters e todos os itens citados logo na primeira frase deste artigo, nos referimos a ferramentas utilizadas pelo endomarketing. A elas, podemos citar ainda mais uma que, se você acompanhar a leitura deste texto, perceberá que tem a ver tanto com a comunicação com o público interno quanto com a área de TI. Trata-se da TV Corporativa.

O que é TV Corporativa?

A TV Corporativa nada mais é do que um canal de comunicação que transmite conteúdo para um público específico, o qual pode ser desde os colaboradores dos diversos setores até quem está aguardando na recepção da sua empresa.

A primeira imagem que vem à mente de muitos quando perguntados sobre TV Corporativa, é a de diversos aparelhos de televisão espalhados por uma empresa e transmitindo dados do negócio, informações do setor ou divulgação de qualquer tipo de conteúdo que agregue valor ao público interno.

Com o passar do tempo (e com o avanço da internet) a tecnologia da TV Corporativa integrou-se à web. Isso permitiu que os conteúdos que antes seriam transmitidos em televisores fixos passassem a ser veiculados em desktops ou gadgets como tablets e smartphones. E que conteúdos seriam esses?

Se você pensar na TV Corporativa como sendo um canal exclusivo do seu negócio, verá que qualquer tipo de conteúdo que interesse aos colaboradores podem ser nela transmitidos (em formas de textos, imagens ou até vídeos online). Isso significa desde lançamentos de produtos e indicadores de desempenho, por exemplo, até mensagem do presidente, aniversariantes do mês, previsão do tempo, cotação do câmbio, notícias gerais e outros.

Quais as vantagens da TV Corporativa?

Talvez o maior benefício desta ferramenta de comunicação seja melhorar o engajamento dos colaboradores e criar um ambiente motivador. A partir do momento que a empresa deixa seus funcionários cientes de seus objetivos e do cenário em que se encontra (com apresentação de indicadores, por exemplo), maior será o senso de pertencimento. Isso significa que as chances de todos abraçarem a mesma causa aumenta, o que, por consequência, garante a sustentabilidade futura do negócio.

Outra grande vantagem da TV Corporativa é melhorar a comunicação. Para certos assuntos, pode-se utilizar vídeos, por exemplo. Essa pode ser uma estratégia mais eficiente de atingir os colaboradores. Aliás, falando em estratégia, existe um ponto importante sobre TVs Corporativas.

Em outra oportunidade escrevi sobre o Trabalho Remoto. Uma grande vantagem sobre essas TVs é o fato de, por se tratarem de uma plataforma 100% digital, podem ser gerenciadas de qualquer lugar do mundo que permita conexão com a internet. Sendo assim, diretores podem gravar vídeos ou enviar comunicados de forma rápida, em tempo real e sem que a eficácia da mensagem se perca, ou que a estratégia seja afetada.

Apresentação de material institucional, promoção de informações e dados estratégicos, redução de custos com treinamento e disseminação do conhecimento são outras vantagens observadas. Além delas, a TV Corporativa pode abrir espaço para publicidade de parceiros, podendo, inclusive, ajudar na lucratividade da empresa.

Como funciona a TV Corporativa?

Para que se tenha uma rede de TV Corporativa é preciso que a conexão de internet tenha qualidade e capacidade de suportar tráfego de vídeos. Importante ressaltar que, ao contrário do que muitos podem pensar, para utilizá-la não é necessário estar conectado à internet 100% do tempo (a não ser nos casos em que sejam divulgadas informações sobre trânsito, tempo e bolsa de valores).

Os conteúdos são transmitidos por meio de players, que são aparelhos desenvolvidos para controlar a programação das telas. Pense em um player como um receptor de TV a cabo ou aparelho de Blu-Ray, ou seja, no caso da TV Corporativa ele é o responsável por receber e transmitir os conteúdos na tela.

Falando em telas, os televisores que transmitem as mensagens são diferentes de televisores comuns e contam com o player. Para a curadoria de mensagens e conteúdos, a empresa conta com o envolvimento dos setores de marketing e de RH. Já para a avaliação da estrutura necessária, instalação da TV Corporativa e manutenção dos equipamentos, é imprescindível a participação da TI.

Por isso, TV Corporativa precisa da TI

Além do marketing e RH planejarem os conteúdos a serem transmitidos é importante que a TI envolva-se desde o começo na estratégia. Existem diversas soluções no mercado especialmente dedicadas às TVs Corporativas.

A área de Tecnologia da Informação é essencial para dar um parecer técnico sobre as soluções, verificando se são confiáveis, robustas e estáveis. Além disso, é preciso garantir que a segurança dos dados da empresa seja mantida. Sendo assim, pensar em TV Corporativa é, antes de mais nada, lembrar que envolver a TI desde o início do processo livra a empresa de dores de cabeça no futuro (e garante que seu funcionamento seja contínuo e eficiente).

 

Gostou deste artigo? Conte para nós o que achou e fique à vontade para compartilhá-lo com seus colegas. Aproveite e acesse nosso Blog Scurra TI para ficar por dentro de nossos artigos e novidades. Além disso, caso queira saber mais sobre o assunto, entre em contato conosco.

Sem comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *