O sucesso da indústria de jogos eletrônicos no Brasil

O que antes era coisa de criança, agora virou assunto (e interesse) de gente grande. Falo da indústria de jogos eletrônicos, a qual está em pleno desenvolvimento aqui no Brasil. Em junho de 2018 a empresa Homo Ludens realizou um estudo (denominado 2º Censo da Indústria Brasileira de Jogos Digitais) em todo o país para analisar o crescimento do mercado. O resultado? “De 2013 a 2018, o número de estúdio de games passou de 142 para 375”.

A área é promissora. Até 2020 a previsão é que a indústria de jogos movimente US$ 128,5 bilhões no mundo inteiro. Aqui no Brasil muita coisa tem acontecido nesse mercado. Para se ter uma ideia, de acordo com dados da Global Games Market Report 2017, ocupamos o 13º lugar no ranking mundial e em 2017 registramos a receita de US$ 1,3 bilhão.

Alguns fatos interessantes sobre a indústria de jogos eletrônicos

Segundo estatísticas do Games Developers’ Conference 2018 (Conferência de Desenvolvedores de Jogos), as plataformas que se destacam entre desenvolvedores de jogos são:

  • PC e Mac: 53%
  • Smartphones e tablets: 38%
  • PS4/PRO: 27%
  • Headsets de Realidade Virtual: 24%
  • Xbox One/Scorpion: 22%
  • Navegadores Web: 13%
  • Linux: 7%
  • Headsets de Realidade Aumentada: 5%
  • Apple TV: 4%
  • Nintendo Switch: 3%

E engana-se quem pensa que os gamers são compostos pelo público masculino na sua maioria. Uma pesquisa da Game Brasil aponta que desde 2016 as jogadoras mulheres predominam.

Outro fator interessante – e que comprova a expansão da indústria de jogos eletrônicos aqui no Brasil – é que o maior e mais importante festival de jogos independentes da América Latina é nosso: o BIG – Brazil’s Independent Games Festival.

Entendendo que a indústria de jogos eletrônicos é um bom negócio, muitos começam a investir e se especializar na área. A tarefa não é fácil, já que as novidades no mercado são constantes e os interessados precisam estar antenados a elas.

Como a indústria de jogos eletrônicos tem se tornado uma grande geradora de emprego, o Ministério da Cultura lançou um curso a distância para aqueles interessados em dar um start na carreira: “O setor de games no Brasil: panorama, carreiras e oportunidades“.

Como você pode ver, a área está em expansão e pode, inclusive, ser uma ideia de negócio para você. A dica é se especializar e ficar antenado no desenvolvimento do setor.

Agora que terminamos, aproveite que está aqui e fique por dentro das novidades da TI. Acesse o blog da Scurra, acompanhe nossos materiais e mantenha-se informado. E para conhecer sobre nosso trabalho, acesse nosso site e/ou entre em contato. Será um prazer falar com você.

Fontes:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *