Outsourcing em TI é um bom negócio?

Outsourcing

Um trabalho bem-estruturado de TI é um componente essencial para qualquer negócio de sucesso, seja um petshop, uma clínica veterinária ou qualquer outro tipo de empresa.

Mas será que é isso mesmo? Será que qualquer empresa, a qualquer momento, precisa investir em TI?

E quando vale mais a pena fazer um outsourcing, em vez de manter um departamento interno?

Excelentes perguntas! Vamos tentar respondê-las.

Quem precisa de TI?

Algumas micro e pequenas empresas realmente não necessitam de um trabalho elaborado de TI. Suas ações são muito limitadas e podem ser concretizadas através de outros métodos. Estes outros métodos são mais lentos, sim; porém, já que o fluxo de atividades dessas empresas é reduzido, isso não chega a impactar o trabalho.

A partir do momento que essa micro ou pequena empresa decide expandir suas operações, ela passa a precisar de TI. E essa necessidade então permanece, independente do quanto ela cresça. Mesmo que ela se torne uma grande empresa no futuro, e então seu crescimento pare, ela vai continuar precisando da TI – pois foram desenvolvidas atividades que já não podem ser concretizadas de outra maneira. Veja um exemplo.

Vamos imaginar um pequeno petshop de bairro. Nesta loja com poucos produtos e poucos clientes, o controle de estoque pode ser feito simplesmente com papel e caneta. Porém, imagine agora que o dono dessa loja decida abrir mais três unidades, e ampliar as lojas até se tornarem grandes lojas de artigos para animais.

Nesse cenário, o papel e caneta já não vão adiantar; será preciso uma solução de TI para realizar o controle de estoque – um sistema de gestão automatizada de estoque. Mesmo que o dono desta rede nunca mais abra ou expanda lojas, ele não tem mais condições de cuidar do seu estoque através do método antigo. Ou seja, o TI continuará sendo indispensável para ele no futuro.

Departamento interno ou Outsourcing de TI?

Em tempos de crise, é preciso encontrar maneiras de restabelecer algum equilíbrio financeiro na empresa. Nesse momento, é preciso reavaliar qual das opções compensa mais. E isso vai depender simplesmente de quantas atividades e projetos de TI sua empresa normalmente tem, e quantas pessoas são necessárias para cuidar deles.

Para os donos de pequenos petshops e clínicas veterinárias (e qualquer outro gestor ou proprietário de negócio), o outsourcing de TI é uma maneira de  alcançar uma significativa redução de custos. Isso acontece por que, embora um serviço de TI terceirizado normalmente seja mais caro do que o salário de um funcionário, as pequenas empresas não possuem necessidade de assistência contínua neste departamento. Por isso, a longo prazo, fazer um outsourcing de TI somente quando houver real necessidade acaba sendo uma escolha financeiramente inteligente.

Enquanto isso, as médias e grandes empresas costumam ter necessidades quase diárias para algum tipo de suporte de TI. Nesse caso, é melhor ter um departamento interno. Em primeiro lugar, por que o salário de um funcionário é mais acessível do que o orçamento de um serviço terceirizado – uma diferença que se tornaria clara se você tivesse que fazer outsourcing todos os meses. Em segundo lugar, por que isso evita custos secundários; ou seja, prejuízos que sua empresa pode sofrer caso não haja alguém disponível para resolver problemas de TI assim que eles surgem.

Unindo departamento interno e outsourcing de TI

Talvez sua empresa seja de grande porte ou mesmo parte de uma multinacional. Nesse caso, você provavelmente já tem seu próprio time de TI. Mesmo assim, vale a pena pensar em outsourcing de TI para casos específicos. Nesses casos, você pode reforçar seu departamento interno com a ajuda de uma mão de obra especializada naquele tipo específico de projeto. O resultado será uma economia de tempo na conclusão do projeto, além de melhorias significativas na qualidade do mesmo.

Esse artigo foi útil? Então continue acompanhando nosso blog, para receber mais informações relevantes para você e seu negócio!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *